Agendar visita
Conheça nossa proposta
Nossa Estrutura
Conheça nossos espaços

Carnaval na escola. Aqui, faz parte da Educação!

O baile de carnaval será na próxima sexta, mas já estamos trabalhando a todo vapor para fazer um belo evento. Para dar ao festejo um viés pedagógico, aplicamos a metodologia PBL – Problem Based Learning, a aprendizagem baseada em problemas, um método de ensino que vem ganhando muito espaço entre os educadores.

Seguimos alguns passos para o planejamento do evento com os pequenos.

Inicialmente, apresentamos o “problema” a ser resolvido: teremos um baile de carnaval, o que temos que preparar?

As crianças foram convidadas a comentar o que sabiam sobre o assunto, levantaram diversas hipóteses.

Pedro (6 anos) – É uma festa que a gente usa fantasia.

Paulo (6 anos) – Eu já vi o carnaval na televisão. Tem fantasia e carros enfeitados.

Luiza (5 anos) – A gente viaja no carnaval.

Mariana (4 anos) – tem confete para a gente jogar.

Após essa assembleia, registramos para o grupo o tema e decidimos o que faríamos para o baile, vejam algumas ideias:

Augusto (5 anos) A gente tem que arrasar e cantar animado!

Gabriel (5 anos) – Que tal a gente fazer uma máscara?

Maria Clara (5 anos) – precisamos de fantasia e brilho.                   

Fernando (5 anos) – Vamos enfeitar a classe?

 Elencamos as etapas de trabalho que possibilitaram trabalharmos as determinadas linguagens: artísticas, oral e escrita e natural e social, possibilitando um trabalho interdisciplinar.

Ouvimos as tradicionais marchinhas de carnaval e algumas músicas de escolas de samba, etapa fundamental para ampliar o repertório musical das crianças, com isso, aprofundá-los na cultura popular de nosso país.

Confeccionamos adereços – máscaras, colares, capas, chocalhos etc.  Nesse momento, a divisão de tarefas, em pequenos grupos, foi a proposta oferecida, pois, dessa forma, foram mais colaborativos e mais eficientes na resolução do problema.

Perguntamos às crianças como poderiam vir vestidas, além da tradicional fantasia, e muitas ideias surgiram:

André (5 anos) – Podemos vir com roupas coloridas.

Luísa (5 anos) – Podemos inventar roupas divertidas e coloridas.

Isabella (5 anos) – Vamos usar maquiagem, enfeites de cabelo e spray para os meninos.

Conversamos também sobre o uso de spray, confetes e serpentinas e as crianças perceberam que nossa escola ficaria muito suja e nossos colaboradores teriam muito trabalho, uma excelente oportunidade para trabalhar a solidariedade e consciência ambiental.

A troca de informações foi enorme, estimulou muito o trabalho em equipe, aumentou o senso de responsabilidade dos estudantes. Agora, com tudo pronto, aguardamos ansiosos o divertido e educativo Baile de Carnaval.

Share

Faça já a sua
matrícula

Venha fazer parte da nossa família! Preencha o formulário com seus dados e demonstre seu interesse em matricular seu filho em uma das nossas unidades.

Acessar!

Fale conosco

Entre em contato com os Colégios Maristas e esclareça suas dúvidas, faça sugestões e nos conte sobre seus interesses.

Fale Conosco