Agendar visita
Conheça nossa proposta
Nossa Estrutura
Conheça nossos espaços

Banda Marcial do Arquidiocesano está de volta

A Banda Marcial do Colégio Marista Arquidiocesano está de volta. O motivo do retorno é promover ainda mais a união entre os ex-alunos, além de deixar um legado musical para o colégio. Segundo César Patti, integrante da banda e um dos responsáveis pelo retorno da mesma, a ideia é manter uma história musical que iniciou na década de 40 — a banda formou-se, de fato, na década de 70.

“Queremos manter o espírito Marista dentro do colégio, contribuindo para que o Arqui seja conhecido também pela música, pois ele já tem bastante destaque na parte educacional e esportiva. Queremos retribuir tudo o que o colégio nos ofereceu”, declarou.

Confira, abaixo, trechos da entrevista realizada pela equipe do Portal Marista Arquidiocesano com Cesar Patti:

Portal Arquidiocesano: Vocês retornaram as atividades neste ano, correto? Como isso aconteceu?

César Patti: No trabalho da volta da banda, estamos fazendo um levantamento do nosso histórico, contemplando também o surgimento da banda de fanfarra na década de 40. Vamos tentar reconstruir a parte cronológica, passando, inclusive, pela formação da banda sem ser fanfarra que começou com o Julio Cesar, depois com o Paulo Koo, junto com o Eduardo. A maioria dos integrantes é composta por ex-alunos e a formação aconteceu na década de 80.

Nós voltamos com a banda no final de março e, hoje, estamos no 11° ensaio. É importante mencionar que, mesmo quando a banda terminou oficialmente na década de 90, sempre nos mantivemos unidos, como amigos, como irmãos de uma comunidade Marista. Continuamos a fazer alguns encontros dentro do colégio, encontros só dos ex-alunos da banda. Sentíamos muita falta e muita saudade dessa época que foi muito bacana, pois convivíamos no colégio, íamos para os concursos, o Arqui tinha um nome muito forte nesse meio de bandas.

O nosso antigo maestro, Paulo Koo, que veio do Marista de Brasília, também faz parte desse grupo. Ele mora em Brasília e vem para São Paulo quando fazemos os nossos encontros.

Eu estou liderando essa volta, essa formação dessa associação. O principal é o amor que a gente tem pelo colégio, pela banda, por música e isso nos manteve unidos. Estamos voltando, agora com uma outra configuração, não só de banda marcial, mas de uma big band, uma orquestra, quem sabe.

Portal Arquidiocesano: Dado o retorno, como estão as atividades, a adesão? Quais são as expectativas da Banda Marcial do Marista Arquidiocesano?

César Patti: Neste primeiro momento, estamos nos reagrupando com as pessoas interessadas. Apesar de estarmos no 11° ensaio, já temos um pequeno repertório e, a cada ensaio, contamos com novos integrantes. Aos poucos, estamos aumentando o repertório. Os ensaios da banda acontecem às terças e quintas-feiras, à noite, a partir das 19h30 e aos sábados pela manhã.

Hoje, são 31 integrantes e a ideia é chegarmos a um número maior porque queremos ter um naipe grande de instrumentos, não só de sopro, mas também de cordas e instrumentos de percussão.

Temos uma sala de ensaio, estamos nos ajustando conforme as necessidades e conforme o que o colégio nos possibilita. Teremos, futuramente, um número grande de integrantes, cerca de 60 a 80 músicos, sendo a maioria composta por ex-alunos. Com a formação ideal, queremos fazer um trabalho com os alunos, dar aulas para eles desses instrumentos de banda, formar uma pequena orquestra, até chegarmos a uma big band.

Queremos trazer os alunos do Arqui para deixar esse legado para eles, essa grande banda marcial. Fomos tricampeões do Brasil (campeões nacionais de bandas e fanfarras) e queremos dar continuidade a isso, participando, inclusive, de eventos do colégio.

 

Faça já a sua
matrícula

Venha fazer parte da nossa família! Preencha o formulário com seus dados e demonstre seu interesse em matricular seu filho em uma das nossas unidades.

Acessar!

Fale conosco

Entre em contato com os Colégios Maristas e esclareça suas dúvidas, faça sugestões e nos conte sobre seus interesses.

Fale Conosco